Alunos selecionados por programas de intercâmbio participam de encontro na Unisinos

Estudantes participaram do Ciência sem Fronteiras, Top Espanha e Fórmula Santander

 

foto
 
Os alunos selecionados pelos programas Ciência sem Fronteiras, Top Espanha e Fórmula Santander foram recepcionados na Reitoria da Unisinos nesta terça-feira, dia 18 de dezembro, pelo padre Marcelo Fernandes de Aquino, reitor da universidade, e Cristiano Richter, diretor de Expansão e Desenvolvimento. O encontro foi feito para que os estudantes pudessem se conhecer, falar sobre suas expectativas e ouvir conselhos.
 
Na opinião do diretor, a perspectiva é muito boa: “Estamos formatando programas de mobilidade que perpassam diversas iniciativas e contribuem com uma experiência acadêmica e pessoal tangível”. Segundo ele, administrar recursos financeiros, formar e manter novos contatos e conciliar tudo isso com os estudos são tanto oportunidades quanto desafios que os intercâmbios oferecem. Participar de atividades assim significa, nas palavras do reitor, “dar conta da própria vida”. 
 
O ano de 2013 promete ser especial para os alunos que viajam ao exterior nos próximos meses. Escolhida pelo Fórmula Santander, Gislaine von Hohendorff, do curso de Pedagogia, ficará um semestre no Chile. A aluna já passou um período na Argentina e tem interesse em conhecer ainda mais países da América Latina, ao mesmo tempo em que impulsiona sua carreira acadêmica. Para Evlyn Zilch, selecionada pelo Top Espanha, as principais expectativas giram em torno da tríplice experiência-cultura-idioma. O mesmo espera Letícia Zuchetto, graduanda que irá para o Canadá pelo Ciência sem Fronteiras: “Além de aprimorar meu inglês, pretendo trazer para o Brasil novidades que contribuam com a área de Engenharia Civil, da qual faço parte”.
 
Ady Pletsch, gerente geral das agências Santander de São Leopoldo, também esteve presente no encontro. “O Santander acompanha todo o processo de intercâmbio antes mesmo da partida, além de apoiar e ficar à disposição dos alunos selecionados para sanar eventuais dúvidas”, afirmou.
 
Os alunos viajam entre o final deste ano e o começo do próximo, com exceção de alguns, que irão para o exterior somente a partir do segundo semestre de 2013.
 
Por: Pâmela Oliveira da Silva / Imagem: Pablo Furlanetto