Refugiados em Nairobi recebem ajuda escolar

Serviço Jesuíta oferece apoio para jovens se formarem

 

foto
 
Refugiados de Nairobi vivem à margem da sociedade, ilegalmente e sem autorização para trabalhar. Fugindo da violência, instabilidade política e à seca, os refugiados acabam vivendo em áreas economicamente desfavorecidas, desesperados para encontrar um lugar para chamar de lar, em busca de hospitalidade em um país desconhecido. Apesar destes desafios, muitas famílias de refugiados continuam a sonhar com uma educação para seus filhos. O Serviço Jesuíta aos Refugiados de Nairobi oferece um programa de educação para tornar este sonho uma realidade para mais de 200 crianças a cada ano.
 
O JRS organizou um dia de oração especial para 15 estudantes que estavam realizando os exames finais do ensino secundário, em novembro. Se passarem os estudantes ganham o Certificado de Educação do Quênia, um passo para a definição de um futuro positivo. O grupo é de classe JRS 'pioneiro; eles começaram o ensino médio em 2009. Apoiado por JRS, que recebem bolsas escolares, uniformes e livros.
 
O dia de oração trouxe felicidade para todos os presentes. Um grupo de mais de 45 jovens estudantes observava a celebração do percurso educativo e rezaram para o sucesso do exame. Pais e funcionários do JRS juntaram-se com os estudantes para cortar uma fatia de bolo de comemoração, inscrito com as palavras do Salmo 23: “O Senhor é meu pastor, nada me faltará.”
 
Em meio à alegria do dia, um aluno entrega estas palavras inspiradoras: “O JRS tem sido mais do que um patrocinador para nós, temos recebido o melhor tratamento, que ajudou a mudar nossas vidas e construímos a nossa auto-estima”.