Catarinense é homenageado pelo Conselho Estadual de Educação

30 escolas das redes públicas e privada com mais de 100 anos de história foram homenageadas

O Conselho Estadual de Educação (CEE), que comemora 50 anos de serviços prestados, homenageou as escolas centenárias do Estado de Santa Catarina, em reconhecimento aos serviços educacionais prestados ao longo de um século à sociedade catarinense. Foram 30 escolas homenageadas, das redes públicas e privada, entre elas o Colégio Catarinense (CC) com 107 anos de história. A solenidade aconteceu na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina no dia 19 de novembro.

“Não é a todo momento que comemoramos 100 anos de história. Muitos aqui presentes estudaram nessas escolas. Me sinto muito alegre em ver que cada escola contribuiu com o desenvolvimento das cidades em que estão instaladas, com nosso estado e com o país. Estamos diante de muitos professores que, ao longo da sua vida, dedicaram seu conhecimento e força nas escolas em que lecionaram.”, destacou Maurício Fernandes Pereira, presidente do Conselho Estadual de Educação, na abertura da solenidade. 

Entre as escolas presentes, destaque para a mais antiga de Santa Catarina, o Colégio Cônsul Carlos Renaux, fundado em 1872, na cidade de Brusque, e para a Escola Básica Jerônimo Coelho que completa, em 2012, 100 anos de atividades em Laguna.

Orlando Borchardt, diretor do Colégio Cônsul Carlos Renaux , falou em nome das escolas homenageadas. “As instituições homenageadas nessa noite já pautavam que a educação era direito de todos e caminhos para a cidadania muito antes de 1988. Nossas histórias têm muitos pontos em comum e apontam para necessidade de continuarmos lutando pela educação. E continuamos firmes, com o pensamento vanguardista e inovador a nos impulsionar no trabalho pautado na educação de qualidade.”

Padre Mário Sündermann, sj, diretor-geral do Colégio Catarinense recebeu a condecoração de homenagem das mãos da jornalista e ex-aluna, Laine Valgas, apresentadora do Jornal do Almoço, na emissora RBS.

“O momento serve para condecorar a todos, jesuítas e leigos, que ao longo dos 107 anos, construíram este um vasto e robusto legado de conhecimento humano e acadêmico, dedicando marcas para toda vida em muitos dos seus alunos. Mas também, e de modo muito especial, partilho esta homenagem aos que atualmente se dedicam ao CC, mantendo a excelência educacional herdada e deixando fortalecendo a identidade cristã na vida dos atuais alunos, contribuindo significativamente na educação para a cidadania do povo Florianopolitano”, compartilhou Padre Mário.

Fonte: Colégio Catarinense