Aluno da FEI participa de documentário sobre educação

Renan Campari é um dos personagens principais do longa de Alexandre Carvalho e Silvia Fraiha

foto

Entrou no circuito nacional de cinema o documentário Virando Bicho, dos diretores Alexandre Carvalho e Silvia Fraiha, que aborda a questão do sistema de ingresso dos jovens brasileiros nas universidades. E a produção, da empresa Faiha Produções, conta com a participação de Renan Campari (foto), aluno de engenharia civil do Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana).

O longa acompanha a vida de seis estudantes que estão se preparando para diversos vestibulares e mostra, de maneira realista e bem humorada, a rotina de estudos e desafios dos jovens. E Renan é um dos personagens do filme, com uma história interessante. Ele largou os estudos ainda adolescente e se arriscou na tentativa de virar jogador de futebol. Contudo, percebeu que o sonho não seria possível e voltou a estudar, entrando na faculdade para cursar engenharia civil. O documentário também mostra cenas no campus de São Bernardo do Campo da FEI.
 
fotoEm entrevista para a Revista Veja, Renan Campari conta os motivos que o levaram a desistir de jogar futebol. “Eu parei de estudar no ensino médio para correr atrás do sonho de ser jogador futebol e cheguei a jogar em três clubes profissionalmente. Nunca dei valor aos estudos, mas quando vi que minha carreira nos campos não sairia como eu planejava, tive que procurar trabalho para me sustentar e vi que os melhores salários são para quem tem ensino superior. Vi que tinha que voltar a estudar para ter uma vida melhor”. Ele acredita que sua história sirva de exemplo para outros jovens. “Espero as pessoas que vejam o filme se identifiquem com os personagens, seja comigo ou qualquer outro. E espero que elas entendam que a educação precisa ser a base de qualquer profissão, mesmo a de um jogador de futebol”.
 
Confira abaixo o trailer do documentário e a programação nos cinemas brasileiros. 
 

 

foto