Antigo aluno escala o Monte Kilimanjaro e faz homenagem à ETE FMC

Marcelo Necho mostra gratidão e carinho ao colégio onde estudou na década de 80

 

foto
 
O antigo aluno da ETE FMC (Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa), Marcelo Necho, inovou na hora de prestar uma homenagem ao colégio onde se formou em 1987. Ele foi até a Tanzânia, na fronteira com o Quênia, na África, e exibiu uma mensagem saudosista com referência à ETE do alto de quase 6 mil metros de altura, no pico do Monte Kilimanjaro.
 
Em um pedaço de papel ele escreveu: “Saudades de todos, saudades dos tempos que não voltam mais, mas que também não saem de nossa memória”.
 
Essa foi uma forma de Marcelo retribuir os anos que passou na escola em Santa Rita do Sapucaí (MG), além de justificar uma falta em um evento de encontro de ex-alunos no mês de outubro. Em carta enviada ao colégio, o antigo aluno se explica: “Caríssimos, aqui é Marcelo Necho, formado na ETE em 1987. Eu não pude estar no encontro de ex-alunos, pois estava em uma missão pessoal de escalar o Monte Kilimanjaro, o quarto maior pico do mundo, e o maior do continente Africano. Não pude me furtar a homenagear a ETE-FMC, onde tudo começou, e onde minha vida pessoal e profissional começou também. Mais do que uma escola de eletrônica, esta sim foi uma escola de formação de princípios, e de valores, que até hoje são alicerces de meus passos e de minha vida. Como sinal de agradecimento e reconhecimento, envio uma foto que tirei do pico do Kilimanjaro, onde preparei uma singela homenagem a escola. Estou muito orgulhoso de poder fazer esta homenagem”.
 
Em nota, a comunidade da ETE FMC retribui o gesto: “Ficamos honrados ao ler suas, palavras Sr. Marcelo. Alunos como senhor são o motivo de nossa caminhada. E depoimentos como o seu, realimentam nossas forças. Agradecemos pelo carinho e consideração”.
 
Fonte: ETE FMC