Banda de forró de funcionário da Unicap vai representar o Brasil

Culé de Xá participa da 20ª edição do Festival Internacional Sete Sóis, em Cabo Verde

 

fotoAtendendo convite da Embaixada do Brasil em Cabo Verde, a banda de Forró Culé de Xá — da qual faz parte o funcionário da Divisão de Gestão Escolar da Unicap (Universidade Católica de Pernambuco), Astrogildo Júnior — vai representar o Brasil na 20ª edição do Festival Internacional Sete Sóis Sete Luas, que será realizado entre 9 e 14 de novembro.
 
O grupo de forrozeiros de Pernambuco vai apresentar o projeto “Eternamente seu Luiz, visse%u2026”, com repertório formado pelos grandes sucessos do eterno Rei do Baião. Além de quatro shows, os integrantes do Culé de Xá ministrarão três dias de oficina sobre forró pé de serra (instrumental + histórico), com ênfase na trajetória de Luiz Gonzaga.
 
O Festival Sete Sóis Sete Luas, que em 2012 chega a sua 20ª edição, é promovido por uma Rede Cultural de 25 cidades de 10 países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Israel, Itália, Marrocos e Portugal.
 
Realiza a sua programação no âmbito da música popular contemporânea e das artes plásticas, com a participação de grandes figuras da cultura mediterrânea e do mundo lusófono. Entre os objetivos do Festival estão o diálogo intercultural, a mobilidade dos artistas dos países da Rede, a criação de formas originais de produção artística com a participação dos criadores vindos dos países da Rede.
 
Banda
O Forró Culé de Xá nasceu da paixão de jovens universitários da capital pernambucana pela cultura nordestina, especificamente, dos aboios entoados pelos vaqueiros do Sertão, dos versos rimados dos repentistas, da canções de violeiros, cantadores e poetas regionais. Apesar de possuir uma formação diversificada, o objetivo é cultuar o forró pé de serra, como ritmo universal, amplamente conhecido, a partir do trabalho de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Trio Nordestino, Azulão, Onildo Almeida, Acioli Neto, Jacinto Silva, João Silva, Xico Bezerra e tantos outros, como Petrúcio Amorim, Rogério Rangel, Flávio Leandro, Anchieta Dali, Geraldinho Lins, Maciel Melo, Jorge de Altinho, Mestre Zinho, Gênaro, Roberto Lins e Roberto Cruz.