Arquidiocese de Pelotas realiza evento “Bote Fé”

Campanha faz parte da programação para a Jornada Mundial da Juventude

 

foto
 
Continua a peregrinação pelo Brasil dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013: a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora. Depois de passarem pelo norte do Brasil, agora se encontram no Estado do Rio Grande do Sul. Nestes dias peregrinam na Arquidiocese de Pelotas, onde o evento “Bote Fé” pretende reunir milhares de jovens nos dias 5 e 6 de novembro para comemorar a chegada da Cruz e do Ícone. 
 
De acordo com os organizadores do evento em Pelotas, mais do que apenas festejar, o Bote Fé é uma forma de manifestação de fé, louvor, agradecimento e, sobretudo, de incentivo a juventude, que em um mundo cheio de incertezas precisa se posicionar com coragem para conseguir viver na verdade de Cristo. Além, é claro, de servir como uma preparação para a JMJ 2013, que ocorrerá entre os dias 23 a 28 de julho. 
 
A abertura do evento ocorreu com a chegada da Cruz Peregrina na Catedral Metropolitana São Francisco de Paula, na madrugada do dia 5 de novembro. Seguiu-se a celebração eucarística, presidida pelo Arcebispo, Dom Jacinto Bergmann e concelebrada por 12 sacerdotes, entre eles os PP. Luís Neis, Rogério Mosimann, José Eduardo Martins e Luiz F. Klein. Também foi realizada visita a UCPEL (Universidade Católica de Pelotas), onde ocorre um diálogo sobre as cruzes e as luzes da juventude.
 
No dia 18 de setembro, a Cruz Peregrina enviada pelo Papa Bento XVI para a JMJ 2013 foi acolhida com festa por mais de 100 mil jovens em São Paulo, dando início a sua trajetória missionária no Brasil. A cruz, acompanhada do ícone de Nossa Senhora, percorrerá as dioceses de todos os estados brasileiros até chegar ao Rio de Janeiro em 2013, cidade sede da Jornada Mundial da Juventude. A Cruz Peregrina foi oferecida pelo Papa João Paulo II aos jovens em 1985. Desde então, ela se tornou símbolo da Jornada Mundial da Juventude. Em 2003 ganhou a companhia do ícone com a imagem da Virgem Maria. 
 
Entretanto, a Campanha da Fraternidade de 2013 terá como tema “Fraternidade e Juventude” e várias ações já estão em elaboração para que a campanha cumpra seu papel evangelizador junto a toda a sociedade. Seja para a criação dos subsídios, para a escolha do hino e até mesmo para traçar o plano de comunicação da campanha, a CNBB preocupou-se em deixar a Campanha o mais próximo possível da linguagem jovem. 
 
Para isso, uma equipe de comunicação jovem foi montada para pensar as ações de comunicação nas mídias digitais da Campanha como o Twitter @cf2013Oficial, a página no Facebook “CF 2013″ e o site www.cf2013.org.br.