Papa Bento XVI envia delegação para Síria

Objetivo é expressar a solidariedade da Igreja

 

fotoO Papa Bento XVI decidiu enviar nos próximos dias a Damasco, na Síria uma Delegação do Sínodo, conforme anunciou o Secretário de Estado, Card. Tarcísio Bertone (foto), durante a Assembleia sinodal. A finalidade, explicou o Cardeal, é expressar a solidariedade fraterna do Papa e de toda a Igreja à população síria, “com uma oferta pessoal dos Padres Sinodais e outra da Santa Sé”. Outra finalidade é encorajar os cristãos e os que trabalham na busca de um acordo respeitoso dos direitos e deveres de todos. 
 
“Não podemos ser simples espectadores de uma tragédia como a que está se consumando na Síria e o pronunciamento de alguns Padres Sinodais são prova disso”. Na Sala do Sínodo, nasceu a ideia de enviar a Delegação, “convictos de que a solução para a crise só pode ser política e pensando nos imensos sofrimentos da população e no futuro dos refugiados”. 
 
A Delegação será composta, entre outros, pelo Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso Card. Jean-Louis Tauran, pelo Secretário das Relações com os Estados, Dom Dominique Mamberti, pelo Arcebispo de Kinshasa, Card. Laurent Mosengwo Pasinya, e pelo Arcebispo de Nova Iorque, Card. Timothy Dolan.
 
Fonte: Rádio Vaticana