Aluna da Unisinos é destaque na Universidade de Coimbra

Aline Nardes está entre os 3% melhores alunos que participaram do Programa de Licenciaturas Internacionais

Participar da primeira edição do Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI) foi amplamente vantajoso para Aline Nardes, graduanda do sexto semestre do curso de Letras. A estudante passou dois anos na Universidade de Coimbra (UC), em Portugal, onde conheceu lugares e hábitos diferentes, vivenciou uma nova experiência acadêmica e garantiu, ainda que inconscientemente, sua classificação entre a pequena porcentagem de melhores alunos da instituição, apenas 3%. “Não sabia da existência da premiação. Fiquei muito feliz pelo reconhecimento!”, comenta.

O Prêmio 3% Melhores Alunos contempla todos os universitários da UC, de todos os cursos. Concorreram a ele, automaticamente, os estudantes que cumpriram no mínimo 60 ECTS (equivalentes a 12 disciplinas) entre 2011/2 e 2012/2. O nome de Aline e dos demais selecionados pode ser verificado aqui.

“O período foi ótimo em termos de vivência acadêmica, já que minha rotina era em torno dos estudos, algo bem diferente do que vivia antes de partir, quando trabalhava oito horas por dia e estudava à noite. Poder passar mais tempo na universidade é algo muito gratificante, não só pela possibilidade de aprofundamento dos conhecimentos, mas também pela convivência intensa com os colegas da mesma área, pelas discussões e trocas de experiência entre uma aula e outra”, relata Aline (direita) que na foto aparece junto com a coordenadora portuguesa, Ana Macário (esquerda).

Para a coordenadora do curso, Adila de Moura, o resultado é uma satisfação ímpar: “O prêmio evidencia o empenho da aluna e o apoio que ela recebeu dos professores em Coimbra, da equipe da Unisinos do PLI 2010-2012 e do investimento que a sociedade brasileira fez para apoiar a ida e a permanência de alunos bolsistas num período de dois anos em Portugal”.

Programa de Licenciaturas Internacionais

O PLI é mantido pela Capes e tem por objetivo elevar a qualidade da graduação, focando como prioridade a melhoria do ensino dos cursos de licenciatura e a formação de professores. A cada ano, é aberto um edital em que todas as instituições de Ensino Superior podem participar, nas áreas de Química, Física, Matemática, Biologia, Português, Artes e Educação Física. Com ajuda de custo, os estudantes selecionados vão para uma das 11 universidades portuguesas cadastradas. Após o período de dois anos, retornam e terminam seus cursos, que terão dupla diplomação.

Fonte: Unisinos