Comitiva da Unisinos está na Coréia do Sul em preparação para evento

2º Fórum Brasil-Coréia reunirá importantes pesquisadores e líderes da indústria de semicondutores no mundo

 

fotoA Unisinos será palco do II Fórum Brasil-Coreia, entre os dias 23 e 25 de outubro e se insere na programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O evento reunirá importantes pesquisadores e líderes da indústria de semicondutores no mundo. Focados na expansão da atuação, principalmente na relação promissora com o Brasil, de lá vem representantes do governo, como Kyung Ho Lee, diretor do ministério da Economia do Conhecimento da Coreia do Sul; Seok-Hwan Moon, do Instituto de Pesquisas em Eletrônica e Telecomunicações; e Chilgee Lee, chefe do departamento de Semicondutores na Sungkyunkwan University (SKKU).
 
Como preparação para o evento, a comitiva da Unisinos formada pelo reitor, padre Marcelo Fernandes de Aquino (foto); o diretor de expansão e desenvolvimento, Cristiano Richter; o diretor de Finanças e Controladoria, Luiz Felipe Vallandro; e o coordenado do PPG de Direito, Wilson Engelmann já está na Coréia do Sul onde encontrou os 15 alunos da Unisinos que estão no país asiático pelo programa Ciência sem Fronteiras
 
Gregory Book, da Georgia Tech, trará a experiência dos EUA no desenvolvimento do setor de engenharia de semicondutores. Book trabalhou na Intel e participou do desenvolvimento de processos da nova geração de chips. No Brasil-Coreia, ele vai falar sobre nanomateriais para dispositivos semicondutores.
 
Há pelo menos uma década o Brasil tem se dedicado ao setor. Ao entrar no mercado e mostrar sua força, o país desponta como um promissor espaço para investimento e desenvolvimento na área de tecnologia. Ricardo Rüther, Marcia Henriques Mantelli, Carlos Alberto Cima são alguns dos professores brasileiros que apresentarão as experiências desenvolvidas no país.
 
“A Unisinos está alinhada com as estratégias federais para a área de semicondutores. Em economia do conhecimento, a Coreia do Sul é referência e podemos compartilhar experiências para que o Brasil avance em ciência, tecnologia e inovação”, afirma o reitor, padre Marcelo Fernandes de Aquino.
 
Serão três dias para discutir casos de inovação, políticas públicas e aplicação de novas tecnologias nas indústrias brasileira e sul-coreana. A programação do evento está disponível em www.unisinos.br/brasil-coreia. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no mesmo endereço.