Concurso Travessia acontece na FEI

Em sua 4ª Edição evento vai premiar a ponte mais resistente feita com palitos de sorvete, cola, clipes e barbante

O Centro Universitário da FEI realiza nos dias 16 e 17 de outubro a 4ª edição do Concurso Travessia, que premiará a ponte mais resistente feita com palitos de sorvete, cola, clipes e barbante, capaz de suportar a maior carga. Desde a primeira edição do concurso, em 2009, a ponte mais resistente suportou 150 quilos. O objetivo do concurso é agregar conhecimento, desenvolver e estimular novas habilidades nos estudantes, além de incentivar o trabalho em equipe e a cooperação.

Nesta edição, 348 alunos do ensino médio de escolas de São Paulo e estudantes da FEI serão desafiados a construir um protótipo com tabuleiro em formato tubular. O Concurso Travessia acontecerá no ginásio de esportes do campus São Bernardo da FEI, como parte da Semana da Engenharia & Computação que acontece entre os dias 15 e 19 de outubro.

Semelhante a eventos organizados em todo o mundo em importantes universidades, o Concurso Travessia terá a participação de 87 equipes, sendo oito na categoria PRO, composta por estudantes do 3º ao 10º ciclos de qualquer área de Engenharia da FEI, nove da categoria ABC, que envolve alunos dos cursos de Ciência da Computação e Administração e 1º e 2º ciclos (básico) de Engenharia, e 70 equipes na categoria EMC, formada por alunos do ensino médio de diversas escolas da região Metropolitana de São Paulo e Interior, como Araçatuba, Região do ABC, Mogi das Cruzes, Guarulhos, Osasco entre outras. Para participar, os inscritos se organizaram em equipes de até quatro integrantes e buscaram inspiração para a construção do protótipo em pontes já existentes.

A competição terá dois dias de duração. No primeiro dia (16 de outubro) as equipes terão quatro horas para construir a ponte. Cada equipe receberá um kit com 700 palitos, que pesam cerca de 1 kg, com opção de usar mais palitos se quiserem, além de cola, barbante e clipes. Cada ponte deverá ter 1,60 m de comprimento, com tabuleiro para a travessia de um carro aplicador de carga.

No segundo dia (17 de outubro), as pontes serão submetidas a teste de resistência com um aplicador de carga móvel desenvolvido pelo Departamento de Engenharia Civil. O equipamento se desloca sobre a estrutura com um sistema de transferência indireta de carga até a ruptura das pontes construídas pelos estudantes, e o tempo de travessia não pode ultrapassar 30 segundos.

Antes dos testes de resistência, as pontes serão avaliadas por uma comissão julgadora, formada por professores, para pesagem e verificação, inclusive de quesitos como criatividade, projeto técnico e memória de cálculo. A equipe vencedora será aquela que conquistar melhor nota final, ponderadas à resistência e aos demais quesitos. Nas categorias ABC e PRO, os vencedores ganharão um Ipod Nano. Já a escola do ensino médio vencedora será premiada com um Ipad 2 e cada estudante receberá um Ipod Nano.         

Fonte: FEI